Estes , sem dúvida, são os assuntos que mais mexem comigo.

A Cidade paga pela ausência de uma rodovia decente. Todo o trânsito do centro e do oeste do Estado passa por dentro da cidade, em pista “simples”, de altíssimo risco, a famigerada BR-470.

A falta da duplicação da 470 talvez seja a grande justificativa que os nossos dois últimos prefeitos tiveram para não desapropriar o terreno onde já estaria edificado o CIEFE. O que é CIEFE? muitos devem lembrar, outros (já fazem 6 anos!) nunca ouviram falar. Centro Internacional de Eventos e Feiras de Blumenau.

São assuntos que merecerão diversos comentários futuros neste modesto blog, que provavelmente ninguém ( ou muito poucos) lê. Mas a sua publicação ao menos alivia a minha consciência e deixa o registro. Talvez os meus filhos, no futuro, possam acompanhar um pouco a real história desta cidade que adotei há 50 anos. O pouquíssimo que sei.

Hoje, apenas para ilustrar, algumas imagens e artigos publicados nos últimos anos.

Voltarei ao(s) assunto(s), para entendermos um pouco a verdadeira história ( o pouco que acompanhei) do (não) desenvolvimento de Blumenau. Como poderia e deveria ser.

  

           

Anúncios

0 Responses to “A BR 470, O CIEFE E A CIDADE”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Perfil do autor

Arquiteto e Urbanista graduado no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná em 1970, quando ainda não existia a Arquitetura na Federal de Santa Catarina. Em 1971 trabalhei em São Paulo e exerço a profissão desde 1972 em Blumenau, inicialmente como autônomo. Entre 1974 e 1990 como sócio da Lindner Herwig Shimizu Arquitetos e atualmente como sócio-diretor da A + C Arquitetura. Gosto da boa arquitetura e me preocupo com a questão urbana e com o desenvolvimento social e econômico da cidade de Blumenau e do Vale do Itajaí nas próximas décadas, sem perder a sua identidade paisagística e cultural e os valores morais e éticos.
O meu grande desafio como arquiteto é viabilizar a edificação dos projetos para que estes não se transformem em meras idéias de arquitetura.

Data dos posts

novembro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Blog Stats

  • 16,997 hits

%d blogueiros gostam disto: