28
set
13

A CORAGEM

A coragem

Outro dia uma grande amiga, sem querer, me levou a uma reflexão. “Meu Deus, que coragem a sua de escrever o que pensa sobre as coisas que acontecem na cidade”. Na hora levei um susto e  depois achei que deveria rever os meus conceitos. Fui  pesquisar o verbete coragem. Descobri que Aristóteles já afirmara que “a coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras” e Platão a correlacionava com razão e dor …”é ser coerente com seus princípios a despeito do prazer e da dor”. Mas também descobri alguns sinônimos perigosos como afoiteza, atrevimento, ousadia, temeridade. E é exatamente aí que se encaixa o comentário da minha amiga…o atrevimento e ousadia de escrever o que penso.

Os seres humanos são diferentes dos animais irracionais e tem uma alma, ego e mente muito influente em suas atitudes, variando de uns para outros de acordo com a sua educação, seu convívio social e suas frustrações. É verdade, escrever ou dizer o que se pensa – mesmo tentando não ofender ou magoar pessoas, apenas comentando as responsabilidades das funções públicas – provoca dor. Nas pessoas que se sentem atingidas e em quem escreve. Aquelas assumem defesas, doem-se por algo involuntário. Aos outros provoca exclusão, afastamento, ciúme e inveja. Sentimentos que provocam dor.

Tudo isso tem a ver com transparência. Ser transparente é muito mais do que ser sincero, não enganar os outros. É ter coragem de se expor, de falar o que sente, mesmo sendo  segregado.  É desnudar a alma e a mente, tentando algo mais do que a razão.

 A maioria das pessoas decide não correr esses riscos. Nem apoiar publicamente quem os corre!

Dedico esta breve reflexão aos nossos vereadores, deputados  estaduais e federais, ao nosso prefeito e governador e a excelentíssima Presidente da República. A todos os líderes sindicais, patronais e de empregados. Aos líderes empresariais e comunitários  que  dependem de favores e trocas. Ao nosso bravo Ministério Público, estadual e federal. Aos líderes ambientais e às organizações não governamentais, nem sempre preocupados com o coletivo. Aos nossos juízes e tribunais,  mas principalmente à população que tem coragem de protestar e contribuir,  especialmente quando não usam máscaras e pseudônimos!

Anúncios

0 Responses to “A CORAGEM”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Perfil do autor

Arquiteto e Urbanista graduado no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná em 1970, quando ainda não existia a Arquitetura na Federal de Santa Catarina. Em 1971 trabalhei em São Paulo e exerço a profissão desde 1972 em Blumenau, inicialmente como autônomo. Entre 1974 e 1990 como sócio da Lindner Herwig Shimizu Arquitetos e atualmente como sócio-diretor da A + C Arquitetura. Gosto da boa arquitetura e me preocupo com a questão urbana e com o desenvolvimento social e econômico da cidade de Blumenau e do Vale do Itajaí nas próximas décadas, sem perder a sua identidade paisagística e cultural e os valores morais e éticos.
O meu grande desafio como arquiteto é viabilizar a edificação dos projetos para que estes não se transformem em meras idéias de arquitetura.

Data dos posts

setembro 2013
S T Q Q S S D
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Blog Stats

  • 16,997 hits

%d blogueiros gostam disto: