15
jul
12

VERTICALIZAÇÃO URBANA

VERTICALIZAÇÃO URBANA

A construção de um edificio no Bairro Bom Retiro reacende a discussão sobre a verticalização urbana e provoca reações em sua grande maioria contrárias, destacando-se um excelente artigo da arquiteta Angelina Wittmann publicado no Santa em  21.04.12.

Sem discutir se os ônibus que visitam o bairro procuram ver um autentico ambiente europeu  preservado ou se querem comprar camisetas em loja de fábrica, gostaria de dizer que não concordo com a sua verticalização, pois destruirá a belíssima paisagem urbana construída naturalmente pela cidade e que abrange uma série de elementos sociais e culturais.

Defendo desde 2005 que a verticalização urbana sem limite de altura é uma solução e não um problema, pois permite reduzir custos de abastecimento de água, esgoto, drenagem, energia elétrica, comunicação, atendimento hospitalar, educacional, transporte e segurança. Criando um modelo de ocupação “lote quadra”, em que vários pequenos lotes são comprados e unificados, constituindo-se uma área maior que é ocupada por altas torres de apartamentos cercadas por espaços livres. Como diz o prof. Edward Glaeser (Harvard), “não há lugar melhor para se viver do que em uma grande cidade, pois é justamente em ambientes de grandes aglomerações que os mais variados talentos podem conviver e aprender entre sí…, aumentando as chances de ganhar mais e ter acesso ao que há de mais avançado”.

Infelizmente está havendo um desvirtuamento do que foi incluído na última revisão do Plano Diretor, pois falta critério na análise da taxa de ocupação do solo e na preservação da paisagem urbana. A  lógica é muito simples – quanto mais alto o edifício, mais baixa a ocupação do terreno. Permito-me até sugerir – altura livre mas ocupação máxima de 20 ou 25% . Evitaremos mudanças de insolação e arejamento, impermeabilização dos pisos dificultando a absorção de água, sobrecarga na rede viária, de esgoto e de água, alterações no micro-clima e falta de privacidade pela proximidade das edificações.

O que está acontecendo em dois exemplos recentes – Bom Retiro e Ponta Aguda – será uma modificação rígida na nossa paisagem urbana. Lamentável, pois será irreversível!

 

Anúncios

0 Responses to “VERTICALIZAÇÃO URBANA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Perfil do autor

Arquiteto e Urbanista graduado no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná em 1970, quando ainda não existia a Arquitetura na Federal de Santa Catarina. Em 1971 trabalhei em São Paulo e exerço a profissão desde 1972 em Blumenau, inicialmente como autônomo. Entre 1974 e 1990 como sócio da Lindner Herwig Shimizu Arquitetos e atualmente como sócio-diretor da A + C Arquitetura. Gosto da boa arquitetura e me preocupo com a questão urbana e com o desenvolvimento social e econômico da cidade de Blumenau e do Vale do Itajaí nas próximas décadas, sem perder a sua identidade paisagística e cultural e os valores morais e éticos.
O meu grande desafio como arquiteto é viabilizar a edificação dos projetos para que estes não se transformem em meras idéias de arquitetura.

Data dos posts

julho 2012
S T Q Q S S D
« abr   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Blog Stats

  • 18.015 hits
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: